SpaceX’s First Crewed Space Flight Set to Launch on May 27 as NASA Gives Green Light

Primeiro vôo espacial tripulado da SpaceX será lançado em 27 de maio, enquanto a NASA dá luz verde

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


A NASA deu luz verde na sexta-feira ao lançamento na próxima semana de dois astronautas a bordo de um navio SpaceX – o primeiro vôo espacial tripulado do solo dos EUA em nove anos e um passo crucial para acabar com a dependência americana de foguetes russos. Autoridades da agência espacial dos EUA e da companhia de Elon Musk estão reunidas desde quinta-feira no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, para verificações finais da cápsula espacial Crew Dragon antes de sua missão tripulada de 27 de maio.

“No final, decidimos”, disse o administrador da NASA Jim Bridenstine a repórteres por vídeo da meticulosa Flight Readiness Review, que forneceu a aprovação.

Os astronautas norte-americanos Robert Behnken e Douglas Hurley estão programados para decolar da histórica Plataforma de Lançamento 39A de Kennedy às 2:03 da manhã (horário de Brasília) na quinta-feira para a Estação Espacial Internacional, chegando no dia seguinte.

Questionado sobre o prosseguimento da missão em meio à pandemia de coronavírus, Behnken disse a repórteres: “Onde há vontade, há um caminho”.

Behnken e Hurley estão em quarentena rigorosa desde 13 de maio por causa da pandemia, mas eles disseram que seu isolamento real começou em meados de março.

“Estamos em quarentena provavelmente há mais tempo do que qualquer outra equipe espacial já esteve na história do programa espacial”, disse Hurley.

Ele disse que ele e Behnken foram testados duas vezes até agora para o COVID-19 e “há rumores de que poderemos ser testados novamente antes de partirmos”.

Astronautas americanos voam para a ISS, que atualmente abriga dois russos e um americano, em foguetes russos desde que o programa de ônibus espaciais dos EUA foi arquivado em 2011 após três décadas de serviço.

Leia Também  Pessoas doentes, crianças e mulheres grávidas devem evitar viajar: Ferrovia | India News

Se a missão da SpaceX for bem-sucedida, os Estados Unidos terão atingido seu objetivo de não precisar mais comprar assentos nos foguetes russos da Soyuz para enviar astronautas para a ISS, ocupada por astronautas americanos e russos desde 2000.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

‘Embaraçoso’
A NASA concedeu contratos no valor de US $ 3,1 bilhões (aproximadamente 23.552 crores) à SpaceX e de US $ 4,9 bilhões (aproximadamente 37.228 crores) à Boeing em uma tentativa de dar aos EUA acesso independente ao espaço mais uma vez.

O alvo original para vôos tripulados substituindo o ônibus espacial era 2015, um hiato que o falecido Neil Armstrong, o primeiro homem a andar na Lua, descreveu como “embaraçoso”.

Behnken e Hurley treinam há cinco anos na cápsula Crew Dragon, que apresenta telas sensíveis ao toque em vez dos interruptores e botões das cápsulas Apollo da década de 1960.

Ao contrário do ônibus espacial – que sofreu dois acidentes fatais – a cápsula SpaceX inclui um sistema de escape de emergência no caso de ocorrer um problema após a decolagem.

No final da missão, que deve durar vários meses, o Crew Dragon mergulhará no oceano como as cápsulas da Apollo, desaceleradas em quatro paraquedas enormes.

A SpaceX e a Boeing estão sendo convocadas a realizar seis viagens tripuladas cada uma para a ISS nos próximos anos.

Se a missão Crew Dragon da próxima semana – batizada Demo-2 – for bem sucedida, a SpaceX será a primeira empresa privada a entregar astronautas à ISS.

O Demo-1 foi um voo realizado com sucesso em março de 2019 com um manequim a bordo.

A Boeing realizou um vôo de teste desaparafusado de sua cápsula, conhecido como Starliner, em dezembro, mas sofreu várias falhas.

Leia Também  Bancos disseram para aumentar o fluxo de crédito para o setor imobiliário em dificuldades: Jitendra Awhad

A cooperação EUA-Rússia não deve terminar quando o Crew Dragon entrar em serviço. A NASA planeja usar foguetes Soyuz para enviar alguns astronautas ao espaço.

A SpaceX também fornecerá voos para astronautas não americanos e a empresa de Musk quer enviar turistas ao espaço.

Uma missão privada de três passageiros está planejada para o segundo semestre de 2021, com ingressos que devem chegar às dezenas de milhões de dólares.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br